Transporte de pets em voos internacionais, como funciona?

Quando vamos viajar sempre bate aquele aperto no coração ao deixar nossos bichinhos, eu tenho três gatos em casa e não consigo ficar muito tempo longe, mesmo com nossos amigos indo cuidar. Mas e no caso de quem vai se mudar definitivamente para o exterior ou vai passar muito tempo passeando, felizmente tem o transporte aéreo de animais internacional.

Você pode levar seu cachorro, gato ou coelho para o país que vai morar ou simplesmente vai passear e prefere levar seu pet do que deixar em um hotel especializado.

Transporte de pets em voos internacionais

Eu já vou lhe adiantar que não é o processo de transporte de pets em voos internacionais não é muito fácil, mas se você se informar corretamente, cumprir os prazos como estão nas regras você consegue fazer todo processo por conta própria.

Mas é claro tem empresas competentes que podem ajudar e já fazem todos os dias esses procedimentos e no final desse post, indico uma empresa para que você possa tirar suas dúvidas.

Para tentar facilitar o entendimento dos leitores, vou elencar as principais dúvidas como tópicos para sanar primeiro as dúvidas mais simples e claro a mais comum e tentando desmitificar.

Transporte de animais em voos domésticos

Se quiser saber sobre transporte de animais em voos nacionais, fiz um post exclusivo sobre isso, veja aqui como transportar seu pet em voos domésticos.

Posso levar meu pet para o exterior?

Sim, você pode levar seu pet para o exterior, alguns países tem regras mais brandas como os Estados Unidos, mas tem países como a austrália que exigem que seu pet fiquem quarentena em outro país diferente do Brasil antes que embarque para Austrália.

Essa regra se deve porque o Brasil não tem erradicada a raiva, por isso alguns países como Austrália exigem uma quarentena em outro país.

Quais as principais regras para transportes de Pets?

Lembrando que cada destino tem sua regra específica, alguns vão ter mais exigências outros vão ter menos, por isso vou elencar as principais necessidade que você precisa verificar antes de viajar.

1. Verificar se o destino aceita seu pet

A primeira verificação é consultar se o destino que pretende visitar aceita seu pet e quais regras precisam ser aplicadas para ser aceito quando chegar no local.

As restrições mais comum se aplicam a cachorros que tem orelhas amputadas, que nesse caso só permitem o animal vá ao país somente a passeio e não como entrada permanente.

A melhor forma de encontrar essas informações é ir ao site do consulado do país e procurar informações ou também procurar uma empresa que lhe auxilie com essas dúvidas.

2. Verificar a empresa aérea que voa para o destino

Após ter verificado que o destino aceita seu pet, chegou a hora de verificar se a companhia aérea aceita e quais regras são exigidas para levar seu pet.

Como regras gerais, a maioria das empresas aéreas não aceitam animais agressivos, como no caso de cachorros mais bravos e também cachorros que tem o focinho achatado, que tem dificuldades para respirar.

Verifique também na companhia, o padrão da caixa de transporte, no geral animais até 8 kg podem viajar na cabine e até 75 kg como bagagem. Mas cada companhia tem a sua regra e a melhor forma de verificar é acessar o site da companhia.

3. Iniciar o processo

Agora que você já sabe as regras da companhia e também do destino chegou a hora de começar o processo, o ideal que é começar a cuidar do processo com no minimo 90 a 120 dias antes da data da viagem.

Essas são algumas das exigências:

  • Implantação de microchip de identificação internacional
  • Carteira de vacinação atualizada (principalmente anti-rábica)
  • Atestado veterinário comprando que o animal está perfeitas condições para viajar
  • Passaporte animal ou certificado zoossanitário internacional (CZI), esse só pode ser emitido pelo ministério da agricultura brasileiro

Mas atenção tem países que também vão exigir isso:

  • Quarentena em outro país que não seja o Brasil
  • Exame de sorologia de raiva em laboratório credenciado nos EUA

A minha recomendação é nesse caso procurar uma empresa séria que faça esse processo junto com vocês para não correr o risco de faltar alguma documentação ou precisar tomar a mesma vacina duas vezes pois tem regras especificas.

4. Escolher a caixa de transporte

Existem os padrões gerais de caixa de transporte mais é importante acessar sempre o site da companhia para saber qual a medida padrão, já que muda conforme cada companhai aérea.

5. Pagar a taxa da companhia para transportar o pet

Vencida a parte de documentos e exigências por parte do país e também da companhia aérea chegou a hora de comprar a passagem do seu pet ou a taxa, depende da companhia aérea.

Recomendações

Mais uma vez ressalto a importância de procurar uma empresa para fazer o processo, pois muitas vezes é esquecido algum procedimento e nos dias que se aproximam da viagem descobre que não há mais tempo para emitir tal documento.

Porque escolher uma empresa?

Como cada país e companhias aéreas tem suas próprias exigências, o auxílio de uma empresa que já fez esse procedimento centenas de vezes ajuda a você não ter problemas.

Além da parte documental, uma empresa ajuda na escolha da melhor caixa de transporte para o pet, além de realizar a coleta e envio de exame de sangue para laboratório credenciados (Sorologia de Raiva), aplicações de vacinas, exames clínicos e emissão de atestado veterinário, solicitação da emissão do CZI (CERTIFICADO ZOOSANITÁRIO INTERNACIONAL), implantação de microchip, tratamento contra pulgas e carrapatos, uma consultoria com todos os serviços para que o tutor consiga embarcar com seu animal de avião.

Tem uma empresa para recomendar?

Tenho sim, recomendo a Dog Travel que está localizada em Guarulhos e embarca muitos pets do aeroporto de guarulhos, para muitos destino como Portugal, Estados Unidos, Japão, Suíça e muitos outros destinos.

Mencione que você ficou sabendo sobre a empresa no Blog Viajar Sem Grana.

Dúvidas sobre transporte de animais?

Nesse post colocamos apenas algumas das informações sobre transporte de pets em voos internacionais que fazem parte de todo processo para se preparar antes de viajar com seu bichinho para fora do Brasil.

Existem outros detalhes que precisam de ser verificado antes de embarcar seu bichinho. Mas se ficou duvidas e quer saber mais coloque nos comentário que vamos atras da informações para lhe auxiliar no melhor possível.

ORGANIZE SUA VIAGEM COM NOSSOS PARCEIROS

Seguro Viagem | Viajar assegurado dá tranquilidade em caso de alguma ocorrência, você não terá prejuízos financeiros. O blog tem um CUPOM DE 5% DE DESCONTO em todos os Seguros de Viagens da Seguros Promo. Clique aqui para acessar o site da Seguros Promo e coloque o código VIAJARSEMGRANA5 e fique tranquilo!

Hospedagem | Saber escolher o local para se hospedar faz toda a diferença na viagem. Por isso usamos o Booking para escolher o melhor lugar para ficar com base em avaliações de outros viajantes. Reserve sua hospedagem no Booking agora!

Chip Internacional | Sair do país já com o chip de internet para usar no exterior é a melhor opção, além de precisar usar o Google Maps e o Uber por exemplo, é questão de segurança. Recomendamos a EASYSIM 4U. Use o cupom SEMGRANA10, para ganhar 10% de desconto.

Passagens Aéreas Baratas | Economizar na passagem é fundamental, por isso sempre consultamos o site PASSAGENS PROMO para viagens nacionais e a VIAJANET para passagens nacionais e internacionais.

Passeios no destino | Não fique na mão de agência de viagem, antes de contratar qualquer passeio, use o GET YOUR GUIDE, plataforma de passeios baseada em avaliação dos próprios viajantes.

Viagem de Carro | Para sempre conseguir o menor valor em locação de carro, usamos a RENTCARS, ela traz na página todas as locadoras com os valores, mesmo alugando o carro fora do Brasil, você não paga IOF.

Você pode gostar também
Comentários

Utilizamos cookies para proporcionar-lhe uma melhor experiência. Se continuar navegando em nosso site, consideramos que está de acordo com a nossa política de privacidade. AceitarLer mais!